Benefícios do ciclismo para as crianças

Muitas das melhores memórias de infância incluem as bicicletas como a companhia perfeita para todas as nossas aventuras. Assim que chegava o verão e começavam as férias,  as bicicletas rapidamente se tornavam o nosso meio de transporte favorito. Talvez no outono e no inverno as nossas duas rodas ficassem um pouco ao abandono, mas volta e meia acabávamos por subir para o selim outra vez. 

Vimos muitos dos nossos ídolos do ciclismo subirem montanhas na televisão. Minutos depois estávamos em cima das nossas bicicletas a tentar ser como os grandes campeões e a sonhar que um dia iríamos também subir essas encostas íngremes. 

 As bicicletas e o ciclismo têm feito parte dos nossos primeiros anos de vida e, ainda que os tempos tenham mudado, continuam a ser uma parte vital da vida das crianças. Talvez não tanto quanto antigamente porque até 2020 os números de vendas de bicicletas não eram motivadores, mas a Covid-19 mudou tudo e talvez a recente paixão dos jovens e menos jovens  pelo ciclismo tenha vindo para ficar. 

Já referimos os efeitos positivos do ciclismo nos adultos em artigos anteriores. Agora vamos falar acerca dos benefícios que representam para as crianças, desde o momento em que começam a andar em bicicletas de equilíbrio até à sua adolescência:

Corpo e mente 

Tal como qualquer outra atividade física ou desporto, o ciclismo é um hábito muito saudável. 

Juntamente com uma dieta saudável, ajuda a fortalecer o corpo das crianças, reforçando os seus músculos e a sua estrutura óssea.  

As articulações estão bem protegidas, uma vez que o ciclismo é um desporto de baixo impacto, ao contrário do futebol ou do atletismo. 

O ciclismo reforça o sistema imunitário uma vez que requer estar ao ar livre. Estando devidamente vestidas e equipadas, as crianças podem desfrutar igualmente de temperaturas mais frias ou mais quentes, tanto quanto nós. 

Andar de bicicleta significa também que elas praticam mais atividade física, algo que é benéfico tanto para crianças não muito ativas como para aquelas que não conseguem estar quietas. Dá-lhes uma bicicleta e vais surpreender-te com a sua criatividade!

Andar de bicicleta melhora a saúde cardiovascular, promove o bom funcionamento do  sistema respiratório e reduz a probabilidade de obesidade, um dos principais problemas que afetam as crianças nas últimas décadas.

Relativamente às competências motoras, melhora a coordenação, equilíbrio e concentração. Olha para aquelas crianças nas suas bicicletas de equilíbrio a grande velocidade nos parques como se fizessem aquilo desde sempre. A seguir, vão aprender a pedalar com rodas de apoio e depois sem elas, e num instante apanham o jeito do equilíbrio e da coordenação!

À medida que aprendem a andar de bicicleta e a controlá-la, que atingem pequenos objetivos cada vez mais vezes, a sua auto-estima e confiança aumentam. Lembras-te da primeira vez que foste capaz de andar na tua bicicleta sem rodas de apoio ou quando foste capaz de tirar as mãos do guiador?

O estado de espírito das crianças também melhora graças ao ciclismo - não é apenas uma coisa de adultos, os mais novos também sofrem com o stress e com a ansiedade. E não há nada melhor que um passeio de bicicleta em família para aliviar a tensão e desanuviar a tua cabeça!

Competição e respeito 

A grande maioria das crianças, regra geral, nasce com um gene competitivo. Pode ser mais ou menos evidente, mas quase todas gostam de competir, e claro, de ganhar. O ciclismo tem tudo a ver com competição, uma corrida constante. Podes ficar zangado se não ganhares, e celebrar a vitória caso ganhes, mas nenhuma dessas duas coisas vai garantir mais um triunfo. Por isso, o ciclismo não só te ensina a competir, a ganhar e a perder, a valorizar as vitórias e derrotas, mas também encoraja o esforço, a perseverança, a camaradagem, o trabalho em equipa e a força de vontade. 

Enquanto meio de transporte ecológico, as bicicletas são uma ótima ferramenta para despertar uma consciencialização ambiental nas crianças. Se for possível, leva-as para a escola, vai às compras ou faz qualquer outra atividade numa bicicleta para lhes mostrar que andar de bicicleta é a coisa mais natural do mundo e eles vão acabar por andar de bicicleta autonomamente. 

Ao mesmo tempo, eles podem aprender como andar pela cidade, ao familiarizarem-se com as regras de trânsito e todas as outras regras implícitas de coexistência e respeito para com os outros ciclistas, as pessoas a praticar desporto, os peões e os condutores. 

Pedalar na cidade melhora a concentração das crianças uma vez que elas têm de prestar atenção constantemente àquilo que as rodeia, e ao mesmo tempo ensina-as a ser pacientes e tolerantes, ambos fatores importantes na sua educação e desenvolvimento. 

O ciclismo de montanha ou andar de bicicleta em áreas urbanas verdes encoraja as crianças a proteger a natureza e a apreciá-la. É uma ótima oportunidade para lhes ensinar que têm de respeitar o ambiente, não deitar lixo para o chão ou perturbar a vida selvagem, e deixarem uma pegada ecológica tão pequena quanto possível de modo a que possam regressar à zona e para que outros possam também desfrutar dela.

Socializar

As crianças querem passar tempo com os pais, os avós e o resto da família. Elas gostam de se sentir livres enquanto estão com aqueles de quem gostam, algo que faz com que andar de bicicleta com as crianças seja uma ótima atividade de lazer em  família. Precisamos apenas de encontrar o trajeto ideal adaptado às capacidades das nossas crianças e usarmos diferentes acessórios que os ajudem a desfrutar do passeio - enquanto pedalam ou não. Existem cadeiras e atrelados para os mais novos; cabos de reboque, lanças de reboque e bicicletas acopladas para as crianças que sabem pedalar sozinhas mas não estão ainda física e tecnicamente preparadas. Um passo de cada vez: ninguém vai querer voltar para uma bicicleta quando passou um mau bocado no selim da primeira vez. Por isso é que é importante  aumentar gradualmente o grau de dificuldade e definir objetivos para os mais pequenos para que eles possam enfrentar os primeiros desafios. Isto vai aumentar a sua auto-estima, a sua confiança e o seu estado de espírito.  

Passar tempo com os seus pares é igualmente importante para as crianças, da mesma forma que é estarem perto dos seus pais. Esta forma de socializar é essencial para o seu desenvolvimento. As crianças mais novas partilham e trocam as suas bicicletas de equilíbrio no parque “quase sem” que haja algum problema. Os mais velhos, quase adolescentes, estão lentamente a deixar o seu ninho e  a deslocam-se em duas rodas. As bicicletas são uma ótima forma para todos eles de conhecerem novos amigos fora do seu círculo familiar e de encorajar relacionamentos com pessoas que partilham os mesmos interesses. E tudo isto enquanto praticam uma atividade física saudável!

Se os teus filhos vão andar de bicicleta ou fazer ciclismo, eles devem divertir-se a fazê-lo. A bicicleta não deve tornar-se uma obrigação, mas antes um divertimento que faz parte do seu desenvolvimento, uma forma de aprender, um pretexto para passar tempo com a mãe e o pai. Por isso, se fores ciclista e tiveres uma paixão por bicicletas, não deves nunca obrigar os teus filhos a praticar o desporto apenas porque tu o fazes.   Se queres mesmo que eles se liguem ao ciclismo deves ensiná-los e estar sempre disponível para eles sempre que eles precisem do teu apoio e do teu encorajamento. Se fazes isso com os teus companheiros de ciclismo, porque não o farias com os teus filhos? 

Por fim, pensa nas crianças como pequenos adultos. Quando os adultos compram um brinquedo novo, querem que ele seja do seu tamanho e ao seu gosto. O mesmo se passa com as crianças: elas precisam de uma bicicleta adequada à sua idade ou altura e devem gostar da sua aparência para que possam desfrutar dela. Caso não saibas qual o tamanho adequado para os teus pequenos, dá uma vista de olhos no nosso artigo acerca de como escolher o tamanho de bicicleta certo, onde vais encontrar um guia breve de tamanhos para diferentes idades e alturas. E se eles quiserem começar a pedalar na Peppa Pig, no Pocoyo, no Bob Esponja ou num personagem da Disney, lembra-te da citação do Oscar Wilde: “A melhor forma de tornar as crianças boas é fazendo-as felizes”.

← Volver al blog

También te puede interesar...