Como cuidar devidamente da tua roupa de ciclismo

Regressas a casa depois de um extenuante passeio de bicicleta, sem energia, com fome, com sede, a precisar de um duche e descanso. A última coisa que queres fazer é lavar a roupa de ciclismo que acabaste de usar. Qualquer ciclista já passou por isto, mas uma vez que desfrutaste (ou sofreste) do passeio com essas roupas vestidas, tira alguns minutos do teu tempo para as lavar convenientemente e cuidar delas: a roupa também merece. E por favor, não obrigues os membros da tua família ou entes queridos a ter esse trabalho por ti. Se podes usufruir do teu tempo livre, os outros têm também o direito de usufruir do seu. 

O equipamento de ciclismo é muito específico, por isso requer um cuidado e atenção especial. Esta roupa é desenhada de modo a que se ajuste ao teu corpo, te proporcione um conforto pleno e uma performance de topo enquanto andas de bicicleta. Para obter esses resultados, os tecidos usados no vestuário de ciclismo são feitos de fibras diferentes daquelas usadas na roupa do dia-a-dia e é por isso que não as podemos lavar da mesma forma. Devemos seguir as instruções de lavagem do fabricante e cuidar devidamente das peças de modo a evitar problemas ou danos que não sejam causados pelo uso e desgaste natural.

Primeiro, lê as instruções de lavagem na etiqueta e vê se há algumas sugestões acerca dos produtos de lavagem que deves usar. As peças de vestuário de ciclismo não exigem todas o mesmo tipo de cuidados, por isso é essencial saber que peças não devem ser lavadas na máquina de lavar e quais aquelas que podem. 

Lavar a tua roupa de ciclismo

Lava à mão as peças de roupa de ciclismo com um sabão neutro. Usar detergentes específicos para roupa de desporto é também uma opção, mas certifica-te que este é o mais neutro possível, sem adição de perfumes ou amaciador. 

Se possível, lava o teu equipamento no mesmo dia em que o usaste. Mesmo que seja só passá-lo por água fria, caso não esteja muito sujo e suado. Caso sues muito e as roupas estiverem sujas, o melhor é deixá-las de molho durante meia hora em água fria com um pouco de sabão e lavá-las à mão. Não as deixes de molho durante muito tempo pois não é bom para o tecido estar em água durante muitas horas. Aqui fica um truque para lavares a tua roupa de ciclismo: toma um duche com ela, usa um sabão neutro e esfrega a roupa sem a despir, depois tira-a e passa-a por água e torce-a para escorrer a água. Isto funciona muito bem com as roupas de verão,  mas é um pouco mais complicado em relação à roupa de inverno, como casacos de ciclismo ou calções compridos. 

Nunca uses água quente; 30º C no máximo. A roupa técnica de ciclismo é composta em grande parte por fibras sintéticas que não gostam de ser lavadas com água quente. Para além disso, muitas das peças de roupa de ciclismo são feitas com tecidos altamente técnicos com filtragem, isolamento térmico e à prova de água. A água quente deteriora-os rapidamente. 

Se por qualquer razão não puderes lavar a tua roupa à mão e tiveres que usar a máquina de lavar, segue estas recomendações:

  • Não mistures a tua roupa do dia-a-dia com a tua roupa de ciclismo.
  • Fecha todos os fechos éclair, velcros ou quaisquer outros fechos.
  • Vira a roupa do avesso e coloca-a num saco de rede para roupa. Isso vai proteger as cores e o tecido da peça. 
  • Lava a roupa com água fria (no máximo a 30° C) escolhendo um ciclo curto com centrifugação baixa. Muitas máquinas de lavar têm programas específicos para roupa de desporto. 
  • Não deixes a tua roupa molhada dentro da máquina de lavar. Estende-a logo que possível para evitar maus cheiros e a deterioração do tecido. 

Por outro lado, aqui fica uma lista de coisas a evitar quando lavares a tua roupa de ciclismo:

  • Não uses amaciadores ou lixívia. Os amaciadores para tecidos formam uma camada na roupa que a faz perder a respirabilidade. A lixívia destrói as fibras.  
  • Não uses a máquina de secar. As altas temperaturas da secagem podem causar danos e encolher o equipamento. 
  • A roupa de ciclismo não deve nunca ser passada a ferro: ela é por natureza à prova de vincos. 

Caso te sintas cansado, com pressa, se alguma coisa de urgente surgir ou caso te sintas com preguiça, aqui ficam três dicas: 

  • Caso não possas lavá-la assim que chegares a casa, mas o consigas fazer dentro de algumas horas, deixa a roupa de molho em água fria até que possas lavá-la à mão. 
  • Caso não consigas lavá-la no próprio dia, pendura-a numa zona bem arejada de modo a que o suor ou qualquer humidade sequem. Tenta lavá-la logo que possível pois quando o suor seca, agarra-se ao tecido e danifica a sua integridade devido ao amoníaco e aos sais e contribui para o desenvolvimento de odores desagradáveis. 
  • Não coloques a tua roupa de ciclismo no cesto da roupa suja juntamente com o resto da tua roupa pois esta vai absorver os maus odores e pode acabar na máquina de lavar juntamente com detergentes e amaciadores. Basicamente tudo aquilo que os fabricantes não recomendam. Se tiveres sorte, a peça não irá sofrer qualquer dano, mas irá prender-se à máquina ou agarrar-se a outra peça. Por outro lado, contribui significativamente para a deterioração do tecido e diminui o seu tempo de vida.  

Há algumas soluções caseiras para lavar a roupa de ciclismo?  

Vais encontrar imensa informação sobre como usar vinagre, bicarbonato de sódio ou sal para lavar a tua roupa de ciclismo ou para eliminar maus odores. Sejamos claros: O vinagre tem um baixo pH (entre 2 e 3) e o bicarbonato de sódio tem um pH elevado (10). Posto isto sugerimos a utilização de um sabão neutro (pH7), seria irracional aconselhar o uso destes dois produtos caseiros.  

Em relação ao sal, acabámos de dizer que os sais do suor danificam a roupa de ciclismo por isso deixa o saleiro de parte a não ser que queiras substituir o sal perdido durante o exercício e queiras dar uma lambidela na tua camisola. 

Secar a tua roupa de ciclismo 

Assim que lavares e retirares a maior parte da água da tua roupa de ciclismo, encontras aqui três dicas para que a possas secar, sem que uses a máquina de secar: 

  • Pendura a roupa virada do avesso para que as cores não desvaneçam com o sol. 
  • Não pendures a roupa diretamente exposta à luz solar durante demasiado tempo, pois isso irá reduzir o seu tempo de vida. Já referimos que a roupa de ciclismo não gosta de altas temperaturas. Ela é concebida para secar rapidamente, por isso irá secar mais rápido do que imaginas. 
  • Não uses as alças, mangas ou outras partes elásticas da roupa para a pendurar. Estas componentes são essenciais para o ajuste correto e o peso da roupa molhada vai esticá-los e puxá-los para baixo, danificando a peça de vestuário.  

Caso estejas a viajar e não tenhas nenhum sítio onde pendurar a tua roupa, podes enrolá-la em toalhas limpas para absorver o máximo de humidade possível, depois coloca a roupa perto de uma fonte de calor ou de ventilação para as deixar secar por completo. NUNCA coloques a roupa diretamente em nenhum dispositivo de aquecimento.

Apenas mais uns apontamentos extra acerca de roupa de ciclismo de lã merino

  • Não uses detergentes específicos para lã. Eles são apropriados para peças de lã comuns e contêm amaciadores para a roupa. 
  • A lã merino absorve o suor muito bem, mas o processo de evaporação da humidade é mais lento que nas fibras sintéticas. Quando lavares uma peça de lã merino, vais reparar que vai ficar mais pesada porque retém mais humidade.  Pendura-a para que seque, dobrando a peça no centro sobre o estendal de modo a distribuir de forma equilibrada o peso e evitando esticar o tecido em demasia. Idealmente, deveria ser estendida na horizontal sobre a superfície do estendal, mas sabemos que isso nem sempre é possível. 

Segue estas recomendações para aumentar o tempo de vida da tua roupa de ciclismo porque quanto melhor tratares dela, durante mais tempo ela irá cuidar de ti.  E lembra-te: a estrutura dos materiais e o seu ajuste perfeito protege-nos e criam mais conforto, mas as peças de vestuário sofrem naturalmente um desgaste simplesmente pelo seu uso diário. Do mesmo modo que os pneus se desgastam a cada quilómetro que pedalas, é mais provável que tenhas um furo, os calções também estão sujeitos a muita fricção e também se vão danificar com o tempo e o uso. Por isso, devemos estar atentos aos indicadores que sugerem que é tempo de comprar um novo par. Por outro lado, se cuidares devidamente da tua camisola de ciclismo ela irá durar mais tempo e outras peças e acessórios podem mesmo durar e ser usados para sempre.

← Volver al blog

También te puede interesar...